O prefeito de Manchester, Andy Burnham, publicou em seu Twitter uma carta aberta enviada da primeira ministra do Reino Unido, Theresa May, que abordava a oferta do governo para cobrir os danos causados pelo atentado terrorista no show de Ariana Grande, em maio de 2017.

 

O que o responsável da cidade coloca, é que essa oferta não seria o combinado, ja que quando acordou com Theresa sobre a despesa em virtude do ocorrido, o governo que iria ficar responsável pelos custos, que davam em torno de £17 Milhões, mas que foi atendida parcialmente.

Até então, o dinheiro confirmado para a cidade é de £12 Milhões, divididos entre autoridades do prefeito, departamento de saúde, suporte pós-incidente para os afetados e apoio a família e vítimas. Os £5 Milhões que restam ficaram em pendência. 

 

O atentado de 22 de maio deixou 22 vítimas e mais de 500 pessoas feridas.