Ariana Grande é a estrela da capa da edição de julho de 2018 da revista Vogue britânica. Fotografada por Craig McDean e estilizada por Kate Phelan com cabelo de Chris Appleton e maquiagem de Mark CarrasquilloAriana veste um vestido de renda Chanel autumn/winter 2018, com tiras de joias para sua estreia na #NewVogue.

Dentro da questão, a popstar compartilha detalhes de seu difícil e transformador ano (2017) com Giles Hattersley, da Vogue, incluindo como ela lidou com os sintomas do transtorno de estresse pós-traumático após a tragédia em Manchester. “É difícil falar porque muitas pessoas sofreram uma perda tão severa e tremenda. Mas, sim, é uma coisa real”, diz ela. “Eu conheço essas famílias e meus fãs, e todos lá experimentaram uma tremenda quantidade disso também. O tempo é a maior coisa. Eu sinto que não deveria estar falando sobre minha própria experiência – como se eu não devesse nem dizer nada. Acho que nunca vou saber falar sobre isso e não chorar.

Em casa, em sua mansão curiosamente decorada em Beverly Hills, ela passa a dar à Vogue uma prévia de seu quarto álbum, Sweetener. “Eu acho que muitas pessoas têm ansiedade, especialmente agora”, ela diz, enquanto uma música latejante conclui. “Como está sua ansiedade”, pergunta Hattersley“Minha ansiedade tem ansiedade … Eu sempre tive ansiedade. Eu nunca falei sobre isso porque eu achava que todos tinham isso, mas quando cheguei em casa da turnê, foi o mais grave que eu já vi.” Ela voltou ao estúdio um dia depois de terminar seus compromissos de concertos na Ásia, América do Sul e Austrália em setembro de 2017, uma decisão, isto é, ela explica, até ser uma workaholic (que ou quem é viciado em trabalho)“Todos pensaram que eu estava louco quando cheguei em casa e queria acertar o chão.”

Confira as fotos:

FOTOS: Vogue UK (Capa)

   

Leia a entrevista completa com Ariana Grande na edição de julho, que está nas bancas no dia 8 de junho e em breve traduzida e completa aqui no Ariana Grande Mania.